Lifting das pálpebras – Blefaroplastia

O lifting das pálpebras ou blefaroplastia, é um procedimento que visa remover o excesso de gordura e de pele da zona superior e/ou inferior das pálpebras. O lifting das pálpebras serve não só como procedimento estético mas também para quem sofre de pálpebra descaída. Tem em vista remover os depósitos de gordura que com a idade tendem a acumular na parte inferior dos olhos, e o excesso de pele das pálpebras superiores, que acrescentam anos e fazem a pessoa parecer mais cansada. Este procedimento pode ser combinado com um lifting de sobrancelhas para corrigir as sobrancelhas descaídas.

O procedimento envolve uma incisão ao longo da pálpebra superior, na zona da prega, com a intenção de não deixar marcas visíveis. A incisão na pálpebra inferior poderá ser feita externamente junto às pestanas ou na parte interna da pálpebra para evitar cicatrizes visíveis. O excesso de pele junto à zona da pálpebra pode ser melhorado com a ajuda de um peeling químico ou de um laser abrasivo.

Quando pode fazer um lifting das pálpebras

  • Se tiver excesso de pele na zona superior das pálpebras ou se o saco de gordura formado na pálpebra inferior for inestético.
  • Se tiver excesso de pele na zona superior da pálpebra que interfira com a visão.
  • Se perdeu a prega natural da pálpebra superior.
  • Se tem olhos inchados com gordura na zona das pálpebras superiores e das pálpebras inferiores.

Resultados

  • Um aspeto mais jovem e descansado.
  • Melhor visão para quem sofria de pálpebra descaída.

Procedimento

Esta cirurgia é feita com anestesia local.

É feita uma incisão nas zonas a remover a gordura e pele em excesso com um bisturi ou com uma agulha, de forma a minimizar as cicatrizes resultantes do procedimento.

A incisão é feita onde se forma a prega natural do olho, removendo-se o excesso de pele e de gordura.

A incisão nas pálpebras inferiores é feita usualmente pela parte interna das pálpebras, evitando incisões e cicatrizes externas através de uma cirurgia transconjuntival. A incisão é feita mesmo abaixo da zona da pálpebra inferior, junto à linha das pestanas.

Se existir relaxamento da pálpebra inferior, é feita uma cantopexia, reforçando os músculos ao mesmo tempo.

Recuperação e cura

As suturas são removidas normalmente ao fim de 7 dias.

Um desconforto médio inicial pode surgir, mas é bem controlado através de medicação via oral.

A sensação de pisadura e sensibilidade duram cerca de 1 a 2 semanas.

O inchaço normalmente desaparece passadas 2 semanas.

Não se deve usar maquilhagem durante o tempo de recuperação, pois pode promover a proliferação de bactérias e a infeção pós-operatória.

Pode usar lentes de contacto quando as suturas tiverem sido removidas, cerca de 7 a 10 dias depois do procedimento.

Outras opções

Processos adicionais podem dar mais ênfase ao resultado, como um lifting da testa, um lifting das sobrancelhas, laser abrasivo de CO2, peeling e botox.

Os riscos mais específicos e a adequação deste procedimento variam de acordo com cada pessoa e devem ser esclarecidas e conversadas durante a consulta com o seu cirurgião plástico. Todos os procedimentos têm o seu grau de risco, e podem sempre ocorrer complicações, mas neste caso, grandes complicações são raras.

A sua votação: 
0
Sem votos