Remoção dos implantes mamários

Certamente que quando decidiu fazer uma mamoplastia de aumento não estava a considerar fazer uma de redução. Seja porque necessita, seja porque simplesmente o quer, existem muitas mulheres que recorreram à remoção dos implantes mamários.

Por vezes a insatisfação com os resultados, a ocorrência de contração capsular (reação do corpo a um corpo estranho), deslocação do implante, enrugamento, rutura, esvaziamento ou assimetria pode levar à remoção dos implantes. Por vezes, também pode surgir uma reação adversa ao implante, podendo resultar numa infeção, tendo os implantes de ser removidos. O diagnóstico de cancro da mama, bem como a presença de depósitos de cálcio na mama, também são causas para remoção dos implantes mamários.

O que esperar

  • A remoção dos implantes mamários pode implicar a remoção ou não dos implantes, pois pode apenas implicar um esvaziamento. Este tipo de cirurgia é muitas vezes complementada com um lifting do peito, porque a probabilidade das mamas ficarem descaídas depois da remoção dos implantes é grande. Tudo isto são factos que deve conversar com o seu cirurgião antes do procedimento.
  • Usualmente, a cirurgia de remoção de implantes mamários demora cerca de 1 hora, sendo normalmente administrada anestesia geral ou sedação intravenosa.
  • O cirurgião começa por remover o tecido cicatricial que rodeia os implantes, removendo o implante de seguida. Se tem implantes salinos (preenchidos com soro fisiológico), é provável que estes sejam apenas esvaziados. Os implantes são normalmente removidos pelo mesmo local por onde foram colocados, para evitar mais cicatrizes.

Em alguns casos a cápsula pode ser também removida se:

  • O implante não for substituído
  • Um novo implante for colocado numa nova posição
  • O novo implante for maior
  • O novo implante tiver um tipo ou textura diferente

Se não pretende substituir os implantes mamários, o espaço onde originalmente estavam os implantes selará com o tempo. Isto ocorrerá mais rapidamente se usar um sutiã de suporte ou de compressão, diminuindo a hipótese deste espaço se encher com fluido.

Riscos e complicações

Todas as cirurgias implicam riscos e complicações e esta não é diferente:

  • Flacidez das mamas
  • Pele flácida
  • Infeção
  • Cicatriz
  • Perda de sensibilidade nos mamilos
  • Complicações com a anestesia
  • Recuperação da remoção dos implantes mamários

A recuperação varia de pessoa para pessoa, dependendo também do motivo que a levou a remover os implantes: se foi porque colocou outros, se foi devido a diagnóstico cancerígeno... Por isso, deve seguir as instruções do seu médico à risca para evitar outras complicações pós-operatórias. Deve ser informada sobre o que pode e não pode fazer depois da cirurgia, as consultas pós-operatório, e como cuidar das cicatrizes.

A sua votação: 
0
Sem votos