Glossário

A | B | C | D | E | F | G | H | I | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X
Depilação

Processo através do qual se elimina os pelos das pernas, rosto e axilas. A clássica depilação é feita com cera quente, se aplica sobre a pele, espera-se esfriar e se puxa de uma vez no sentido contrário ao nascimento do pelo. Pessoas com problemas de varizes ou circulatórios não podem utilizar esse procedimento. A cera fria evoluiu bastante, é mais rápida e igualmente eficaz; quando o pelo está bastante crescido convém aquecê-la um pouco, entre as mãos, para facilitar a aplicação. Há, ainda, outras formas de depilação como, por exemplo, os processos químicos, que rompem os pelos - como podem provocar irritações, devem ser retirados com água imediatamente ao primeiro sinal de coceira. O método de rapar os pelos com lâmina continua sendo muito utilizado: é rápido, simples e eficaz. O resultado é de curta duração, dois ou três dias, porque parte o pelo em vez de arrancar a raiz. Atualmente há aparelhos elétricos (semelhantes aos barbeadores) cujas lâminas em espiral arrancam os pelos pela raiz; a forma de utilizar também é rápida, simples e igualmente de curta duração, duas semanas, aproximadamente.

Dermaplaning

Técnica da cirurgia plástica que, utilizando um instrumento portátil denominado dermátomo, trata as cicatrizes profundas produzidas pela acne.

Dermátomo

Instrumento semelhante a um barbeador elétrico. Possui uma lâmina oscilatória que se move para a frente e para trás, separando as camadas superficiais da pele que rodeiam as crateras ou outros defeitos faciais.

Dermoabrasão

Procedimento que elimina as linhas finas e reduz, ao mínimo, as cicatrizes da pele; o cirurgião utiliza uma escovinha rotatória de alta velocidade para retirar a capa superior da pele. O nível adequado de pele a ser retirado cirurgicamente vai depender do grau, tamanho e profundidade das rugas e cicatrizes, respetivamente.

Dermolipectomia

Operação que corrige o excesso de pele e gordura em qualquer zona do corpo: braços, pernas, ventre, glúteos, etc.

Dismorfofobia

Também denominado transtorno dismórfico corporal (TDC), ou síndrome da distorção da imagem, é um transtorno da perceção e avaliação corporal; consiste em uma preocupação excessiva com algum defeito, imaginado ou exagerado, na aparência física, ou ainda, uma avaliação desproporcional que um indivíduo, aparentemente normal, faz sobre suas possíveis anomalias físicas.